Suarez leva 9 jogos de suspensão por mordida

Brasil-Esportes.

chiellini-suarez-reu

O excesso de vontade de Luis Suárez que o recolocou de volta aos gramados menos de um mês após operar o joelho tem lá seu preço. Nesse caso, nove jogos de suspensão, além de ser banido por quatro meses de qualquer atividade ligada ao futebol. Foi essa a punição da Fifa ao jogador uruguaio pela mordida no zagueiro italiano Chiellini, na vitória por 1 a 0 que classificou a Celeste para a segunda fase da Copa do Mundo. Com isso, ele não vai a campo no duelo contra a Colômbia, neste sábado (28), no Maracanã, pelas oitavas de final do Mundial.

O comitê decidiu que o jogador infringiu o artigo 48, parágrafo 1, e artigo 57, ato antidesportivo. Será suspenso nove jogos, a partir do jogo entre Uruguai e Colombia. O lance da mordida em Chiellini aconteceu aos 35 minutos do segundo tempo. Depois de cruzamento na área, Suárez fingiu que disputaria a bola com o zagueiro, mas mordeu o ombro esquerdo do italiano. O árbitro mexicano Marco Rodríguez nada viu e não puniu o uruguaio.

mordidasuarez

De acordo com o jornal uruguaio “Ovación”, a estratégia de defesa dos uruguaios baseou-se na argumentação de que não houve mordida, mas apenas um choque casual de jogo, sem poder precisar exatamente se no ombro, na nuca ou no pescoço do defensor italiano. Além disso, a defesa sugeriu que o defensor italiano já tinha uma lesão no ombro.

segundo consta, com essa já se soma a terceira vez que Suárez mordeu um adversário em campo em sua carreira. De acordo com o medico Bressan, esse tipo de reação acontece quando a intensidade emocional em uma pessoa é muito grande e a “regulação cortical” do cérebro, que modula essa intensidade, não é forte o suficiente para inibir o impulso físico.

O médico explica que esse mecanismo é característico de pessoas que sofrem, por exemplo, de tricotilomania (compulsão por arrancar os próprios cabelos) ou cleptomania (distúrbio psicopatológico que faz com que a pessoa roube objetos).

Mordida não é inédita


Jornais britânicos “levantaram a ficha” do uruguaio e indicaram que esta não teria sido a primeira vez que Suárez agiu dessa forma. De acordo com o “Independent”, em 2013, na Copa das Confederações, o jogador já havia tentado morder Chiellini.

Lagoa Nova – RN

Leave a Reply